Polícia

Empresa de segurança roubada em BH tinha portão sem chave e câmeras estragadas.

Gerente da empresa disse à polícia que o sistema de câmeras internas está em manutenção e, por isso, não pode ser usado para a identificação dos suspeitos.

Relembre o caso
Ladrões furtaram cinco escopetas, dez revólveres calibre 38 e grande quantidade de munição da sede de uma empresa de segurança armada localizada na rua Fausto Alvim, bairro Calafate, na região Oeste de Belo Horizonte, na madrugada desta segunda-feira (14). Inicialmente, a empresa tinha informado que 18 armas foram levadas no total, mas o número foi conferido após a chegada da Polícia Militar (PM).
As armas estavam dentro do cofre da empresa, que funciona em dois imóveis (um em frente ao outro).
Um funcionário chegou para trabalhar por volta das 5h desta segunda (14), abriu o portão principal e, quando entrou no local, viu o cofre violado e cadeados arrombados. 
A segurança do local é feita por um funcionário que fica em uma guarita. No entanto, ele não notou nada de estranho entre meia-noite e 4h da madrugada.  

A chave do portão que dá acesso à empresa de segurança que foi arrombada, nesta segunda-feira (14), em Belo Horizonte, sumiu há cerca de 15 dias. O fato foi revelado pelo gerente Alexandre Ferreira Vasconcelos à polícia e consta no boletim de ocorrência firmado hoje. 

De acordo com ele, a chave que dá acesso ao portão de entrada do imóvel “foi extraviada” e, até esta data, “não foram providenciadas a troca da fechadura. O sistema de monitoramento de câmeras internas não captou a ação dos criminosos, já que está em manutenção. Há imagens somente da movimentação fora do prédio, o que pode auxiliar as investigações.

Da redação: Thiago Borges
Fonte: Itatiaia.com
Fotos: Ailton do Vale/Itatiaia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo